Punhal na Magia

 

O punhal é um instrumento utilizado em vários rituais de magia, seja pelos ciganos, pela wicca, outras linhas da bruxaria e até em rituais espiritualistas.

É um instrumento de poder, de grande auxílio e defesa contra as energias negativas.

O punhal, também chamado de Athame,  representa a energia masculina, e em rituais de bruxaria, é utilizado para abrir círculos mágicos para o início de rituais. Utiliza-se o punhal para afastar as energias negativas antes de iniciar um ritual.

Os ciganos utilizam o punhal como instrumento de defesa, de combate a energias negativas, além de ser muito utilizado pelos homens como símbolo de força e de defesa da honra.

Em consultas esotéricas , o punhal é utilizado na mesa de jogo para defender o tarólogo ou cartomante, das energias negativas, direcionando essas más energias para o astral. O punhal absorve, puxa as energias negativas do consulente e direciona para serem descarregadas.

Há punhais que possuem símbolos mágicos gravados, e há punhais lisos, e a pessoa que o adquire leva em conta a intuição e o gosto.

É um instrumento mágico e de poder, que muda e direciona as energias em diversos rituais, que combate espiritos atrasados, abre portais, simboliza o elemento ar, uma das forças da natureza invocada nos rituais de magia, trazendo as energias positivas, e afastando qualquer negatividade.

Em diversos rituais de magia, são invocados os quatro elementos da natureza, fogo, terra, água e o ar.

O punhal de cabo branco serve para colher ervas para rituais mágicos, enquanto o punhal de cabo preto serve para eliminar e direcionar energias negativas, mas há quem use um punhal para ambas as finalidades. E há quem use punhal com cabos de outras cores.

O punhal deve ser consagrado, lavado com água e sal grosso, para entao passar por enxague em água corrente, e em frente a uma vela de cor roxa, lavado novamente pela água constante em um cálice, devendo permanecer no altar ou junto com os oráculos.

Enquanto o Athame representa o masculino, na wicca o cálice representa a energia feminina.

O punhal é fincado na terra em rituais de descarrego e limpeza espiritual, visto que a terra é o local de maior absorção de energias negativas em nosso plano.

Na espiritualidade, geralmente são entidades masculinas quem utilizam punhais em trabalhos de saúde e até de encaminhamento de espíritos atrasados, mas há relatos de entidades femininas invocarem a energia masculina por necessidade de deterinado ritual, fazendo o uso do punhal em seus trabalhos.

 

 

Taróloga Micaela